Manifestar interesse

Informação sobre o curso

  • Horas

    200

  • Condições de Inscrição

    Desempregados há mais de um ano ou escolaridade inferior ao ensino secundário.

  • Objectivo Geral

    Os formandos no final da formação deverão ser capazes de reconhecer e identificar os processos e conceitos associados aos seguintes temas: Enquadramento das culturas arvenses nomeadamente em produção biológico; Cultura de prados, pastagens e forragens. Identificar pragas, infestantes, acidentes; Maneio animal e manutenção de espaços florestais; Proteção ambiental, tratamento e elimininação de efluentes e resíduos da exploração.

  • Objectivos Específicos

    Identificar as principais espécies e variedades de culturas arvenses. Reconhecer os sistemas culturais de culturas arvenses. Identificar as práticas culturais utilizadas nas culturas arvenses, de acordo com o objetivo de produção. Identificar as práticas agrícolas adequadas à proteção dos recursos e à manutenção da fertilidade, numa perspetiva de sustentabilidade. Identificar a legislação aplicável às culturas arvenses e as principais normas de segurança alimentar.
    Identificar as técnicas e operações culturais das culturas arvenses em Modo de Produção Biológico. Executar as operações culturais inerentes à instalação, condução e manutenção e colheita das culturas arvenses em Modo de Produção Biológico. Identificar as normas relativas ao controlo, certificação e rotulagem dos produtos. Efectuar as operações inerentes à instalação, manutenção, condução e colheita de prados, pastagens e forragens, segundo os princípios da Proteção Integrada, de acordo com o destino da produção.Identificar as exigências culturais e as necessidades nutritivas e hídricas das plantas e culturas. Caracterizar as práticas de fertilização. Reconhecer os principais riscos e inimigos das plantas e culturas. Caracterizar os vários processos de controlo, as estratégias e as medidas de prevenção, segundo os princípios da proteção e da produção integrada. Identificar os princípios determinantes para o estabelecimento de uma rotação cultural. Identificar as principais operações ligadas à atividade pecuária e florestal. Executar operações simples de alimentação, higiene e maneio animal. Executar operações simples de manutenção e limpeza de espaços florestais. Identificar as máquinas e os equipamentos utilizados nas atividades. Efectuar o cálculo de áreas no dimensionamento dos terrenos. Proceder a operações expeditas de alinhamentos e de nivelamento. Registar os dados relativos às operações efetuadas e aos consumos, tendo em vista o controlo dos elementos técnicos e a rastreabilidade. Identificar os princípios gerais de proteção e melhoria do ambiente. Identificar os principais agentes de poluição criada pelas explorações agrícolas. Reconhecer a legislação relativa à proteção do ambiente e à produção e tratamento dos efluentes e resíduos nas explorações agrícolas. Aplicar as técnicas de tratamento e eliminação dos efluentes e resíduos de uma exploração agrícola. Identificar os principais riscos e as normas de segurança, higiene e saúde no trabalho, no tratamento e eliminação de efluentes e resíduos da exploração.

  • Metodologia

    Organização de sessões teórico-práticas de acordo com metodologias expositivas, através da apresentação dos conteúdos e temáticas.
    Nas diversas sessões a metodologia activa será desenvolvida através da aplicação de propostas de trabalho que permitam a análise e reflexão de estudos de casos, Brainstorming’s e Role Play’s de forma a potenciar a aprendizagem pela utilização prática da linguagem.

  • Conteúdos Programáticos

    3018; 6298; 6294; 2863; 2922; 2920; 6279

Manifestar interesse