Manifestar interesse

Informação sobre o curso

  • Duração2145.0 horas
  • Condições de Inscrição

    Desempregado à mais de um ano e 9º anos de escolaridade.

  • Objectivo Geral

    Dotar o formando dos conhecimentos fundamentais da abelha e as técnicas de maneio que lhe permitam instalar e manter de forma sustentável e saudável, um apiário de produção sob a influência das mais diversos condicionalismos ambientais. Perceber e ser capaz de aplicar técnicas de gestão de apiários.

  • Objectivos Específicos

    Reconhece as responsabilidades inerentes à liberdade pessoal em democracia.
    Assume direitos e deveres laborais enquanto cidadão ativo.
    Identifica os direitos fundamentais de um cidadão num estado democrático contemporâneo.
    Participa consciente e sustentadamente na comunidade global.
    Assumir condutas adequadas às instituições e aos princípios de lealdade
    comunitária.
    Integrar o coletivo profissional com noção de pertença e lealdade.
    Reconhecer a diversidade de políticas públicas de inserção e inclusão multicultural.
    Valorizar a interdependência e a solidariedade enquanto elementos geradores de um património comum da humanidade.
    Posiciona-se, em consciência, relativamente a valores éticos e culturais.
    Articula responsabilidade pessoal e profissional, adotando normas deontológicas e profissionais.
    Identifica fatores éticos de promoção do desenvolvimento institucional.
    Reconhece condutas éticas conducentes à preservação da solidariedade e do respeito numa comunidade global.
    Entende as utilizações das comunicações rádio em diversos contextos.
    Perspectiva a interação entre a evolução tecnológica e as mudanças nos contextos organizacionais, bem como nas qualificações profissionais.
    Discute o impacto dos media na construção da opinião pública.
    Relaciona a evolução das redes tecnológicas com a transformação das redes sociais.
    Associa conceitos de construção e arquitetura à integração social e à melhoria do
    bem-estar individual.
    Promove a qualidade de vida através da harmonização territorial em modelos de
    desenvolvimento rural ou urbano.
    Compreende os diferentes papéis das instituições que trabalham no âmbito da
    administração, segurança e território.
    Reconhece diferentes formas de mobilidade territorial (do local ao global), bem
    como a sua evolução.
    Reconhece os elementos fundamentais ou unidades estruturais e organizativas que baseiam a análise e o raciocínio científicos.
    Recorre a processos e métodos científicos para atuar em diferentes domínios da vida social.
    Intervém racional e criticamente em questões públicas com base em conhecimentos científicos e tecnológicos.
    Interpreta leis e modelos científicos, num contexto de coexistência de estabilidade e mudança.
    Compreende as diferentes utilizações da língua nas comunicações rádio, adequando-as às necessidades da organização do seu quotidiano.
    Identifica as mais valias da sistematização da informação disponibilizada por via eletrónica em contextos socioprofissionais.
    Reconhece os impactos dos mass media na constituição do poder mediático e sua influência na regulação institucional.
    Desenvolve uma atitude crítica face aos conteúdos disponibilizados através da internet e dos meios de comunicação social no geral.
    Intervém de forma pertinente, convocando recursos diversificados das dimensões cultural, linguística e comunicacional.
    Revela competências em cultura, língua e comunicação adequadas ao contexto profissional em que se inscreve.
    Formula opiniões críticas, mobilizando saberes vários e competências culturais, linguísticas e comunicacionais.
    Identifica os principais fatores que influenciam a mudança social, reconhecendo nessa mudança o papel da cultura, da língua e da comunicação.
    Reconhecer os circuitos funcionais da economia e dos mercados.
    Reconhecer as principais caraterísticas do setor apícola, as suas principais fileiras e os sistemas culturais dominantes nas regiões.
    Identificar os principais normativos jurídicos aplicáveis ao setor, à empresa apícola e ao trabalho apícola.
    Identificar morfologicamente a constituição da planta, as principais funções fisiológicas de cada órgão e interpretar a sua relação com uma produção eficaz.
    Gerir a flora de acordo com o efetivo apícola existente numa perspetiva de uso múltiplo e de produção de mel e outros produtos apícolas.
    Manutenção da flora apícola em equilíbrio no ecossistema.
    Identificar zonas de floração para instalação de apiários.
    Dimensionar apiários.
    Definir qual o(s) modelo(s) de colmeia adequado à exploração apícola.
    Definir e gerir o encabeçamento (densidade de colmeias).
    Registar as operações.
    Definir transumâncias.
    Identificar a anatomia e fisiologia do sistema reprodutor da espécie Apis melífera.
    Identificar os principais métodos de criação de rainhas.
    Selecionar os métodos mais adequados de acordo com os objetivos da exploração apícola.
    Aplicar os principais métodos de criação de rainhas.
    Identificar os diferentes tipos de alimento que podem ser administrados às abelhas.
    Avaliar as necessidades alimentares das colónias em cada apiário.
    Analisar vantagens e inconvenientes da alimentação artificial.
    Avaliar os riscos da alimentação artificial.
    Identificar os principais riscos no trabalho apícola.
    Afetar os equipamentos de proteção individual às diferentes tarefas.
    Promover as condições de segurança no trabalho e de proteção ambiental.
    Quantificar as necessidades em trabalho, máquinas e equipamentos.
    Constituir, organizar e orientar equipas de trabalho.
    Identificar os principais sintomas da varroose (agente, ciclo de vida, sintomatologia).
    Reconhecer as formas de profilaxia e controlo da varroose.
    Reconhecer práticas apícolas promotoras da profilaxia da varroose.
    Intervir em caso de diagnóstico de varroose.
    Identificar os principais sintomas das diferentes viroses.
    Reconhecer as formas de profilaxia e controlo dos diferentes viroses.
    Identificar as doenças, parasitas e predadores das abelhas (agentes, ciclo de vida, sintomatologia).
    Operar os equipamentos de produção apícola.
    Operar os equipamentos de extração e processamento do mel e de outros produtos apícolas.
    Efetuar a manutenção, reparação e regulação destes equipamentos.
    Identificar os métodos de cresta.
    Identificar todas as etapas inerentes à cresta.
    Reconhecer os equipamentos utilizados na cresta.
    Identificar as etapas de produção e processamento de mel.
    Definir todas as formas de intervenção possíveis na prevenção de riscos para o mel e géneros alimentícios.
    Identificar as principais medidas de desenvolvimento e apoio às empresas.
    Identificar as diferentes formas de associativismo e sua utilidade para a empresa.
    Identificar os princípios do Modo de Produção Biológico (MPB).
    Reconhecer as técnicas aplicadas no MPB.
    Executar as operações de maneio alimentar, sanidade, bem-estar animal e de produção segundo os princípios do MPB.
    Reconhecer e aplicar as normas de controlo e certificação.
    Identificar os ciclos de vida dos projetos de investimento.
    Reconhecer os critérios de avaliação dos projetos de investimento agrícola.
    Analisar a rentabilidade de investimentos com base em orçamentos parciais e anuais.
    Elaborar orçamentos plurianuais para avaliar investimentos.
    Conceito de agricultura e apicultura sustentável
    Fatores que influenciam a sustentabilidade da atividade apícola:
    Identificar as potenciais fontes de néctar autóctone e suas características.
    Acompanhar de forma organizada a colocação de alças, fluxos de néctar e separação e recolha de alças.
    Reconhecer a importância económica da polinização por abelhas nas produções de culturas entomófilas.
    Utilizar as colónias de abelhas em função dos diferentes tipos de cultura e formas de agricultura sob abrigo.
    Caracterizar e identificar os diferentes mercados dos produtos apícolas e respetivos circuitos comerciais.
    Reconhecer a importância das diferentes técnicas de reprodução relativamente à fecundação natural.
    Aplicar técnicas de melhoramento animal, recorrendo a instrumentos de controlo, registo e avaliação e seleção de rainhas.
    Utilizar os materiais e equipamentos necessários nas diferentes fases de processamento e conservação da cera.
    Identificar os principais sintomas da traça (ciclo de vida, sintomatologia).
    Reconhecer as formas de profilaxia e controlo da traça.
    Aplicar as técnicas de processamento e conservação de ceras.
    Identificar as potencialidades dos produtos apícolas na saúde humana.
    Identificar as patologias humanas e veterinárias suscetíveis, e os produtos apícolas adaptados à sua profilaxia.
    Identificar as potenciais fontes de melada autóctone e suas características.
    Acompanhar de forma organizada a colocação de alças, fluxos de melada e separação e recolha de alças.
    Identificar o circuito da própolis.
    Reconhecer os equipamentos utilizados na extração e processamento da própolis.
    Identificar as matérias-primas e o seu circuito.
    Reconhecer os equipamentos utilizados na produção de derivados de mel.

    Identificar os principais perigos e causas do desaparecimento das abelhas.
    Reconhecer as ameaças à biodiversidade das abelhas e outros polinizadores.
    Determinar o conjunto de sensações que o mel transmite. Como forma de detetar virtudes e defeitos.
    Identificar os principais compostos organoléticos e sensoriais (sabor, aroma, cor e sensações tácteis) dos principais méis portugueses.
    Realizar a contabilidade duma empresa agrícola através do preenchimento dos cadernos da RICA (Rede de Informação de Contabilidade Agrícola).
    Identificar a legislação e obrigações fiscais relativas à atividade.
    Colaborar no desenvolvimento de boas práticas num sistema preventivo de segurança alimentar, através da análise dos perigos e do controlo dos pontos críticos do processo.
    Reconhecer a importância do clima como fator natural de produção.
    Identificar as condições climáticas mais adequadas a cada espécie vegetal.
    Identificar os diferentes indivíduos presentes numa colónia de abelhas.
    Descrever a anatomia da obreira, rainha e zângãos.
    Identificar a relação biológica entre os indivíduos castas e sexos na colónia.
    Reconhecer e aplicar a legislação de segurança, higiene e saúde no trabalho.
    Utilizar o equipamento de proteção individual, selecionando os equipamentos e soluções de proteção adequados para a prática da apicultura em segurança.
    Reconhecer e aplicar a legislação ambiental: resíduos, efluentes, ar e ruído.
    Acompanhar de forma organizada e contínua a evolução das colónias do apiário ao longo do ano.
    Identificar e utilizar os principais métodos de povoamento e multiplicação de colónias.
    Seleccionar os métodos mais adaptados a cada situação.
    Identificar as principais doenças das abelhas (agentes, ciclo de vida,sintomatologia).Reconhecer as formas de profilaxia e controlo das doenças das abelhas.
    Identificar as principais doenças da criação (agentes, ciclo de vida, sintomatologia).
    Reconhecer as formas de profilaxia e controlo das doenças da criação.
    Identificar o circuito do pólen.Reconhecer os equipamentos utilizados na extração e processamento do pólen.
    Identificar o circuito da cera. Reconhecer os equipamentos utilizados na extração e
    Elaborar um orçamento familiar, identificando rendimentos e despesas e apurando o respetivo saldo.
    Avaliar os riscos e a incerteza no plano financeiro ou identificar fatores de incerteza no rendimento e na despesa.
    Distinguir entre objetivos de curto prazo e objetivos de longo prazo.
    Utilizar a conta de depósito à ordem e os meios de pagamento.
    Distinguir entre despesas fixas e variáveis e entre despesas necessárias e supérfluas.
    Distinguir entre depósitos à ordem e depósitos a prazo.
    Caraterizar a diferença entre cartões de débito e de crédito.
    Caraterizar os principais tipos de empréstimos comercializados pelas instituições de crédito para clientes particulares.
    Caracterizar os principais tipos de seguros.
    Identificar os direitos e deveres do consumidor financeiro.
    Caracterizar diversos tipos de fraude.
    Não é definida uma língua estrangeira em particular. A opção da Língua Estrangeira em concreto que operacionalizará este conjunto de competências de uso dependerá do perfil/necessidade de aprendizagem do adulto/formando, de acordo com a disponibilidade das entidades formadoras.
    A presente elencagem de competências tem como referência a ocorrência da Língua em contexto de realização, não se referindo a aspetos específicos do funcionamento da Língua uma vez que estes variam de acordo com a que estiver a ser trabalhada.
    Trata-se de um nível de “iniciação”, pelo que se destina a adultos que não tenham quaisquer noções estruturadas de uma língua estrangeira.

  • Metodologia

    Organização de sessões teórico-práticas de acordo com metodologias expositivas, através da apresentação dos conteúdos e temáticas.
    Nas diversas sessões a metodologia activa será desenvolvida através da aplicação de propostas de trabalho que permitam a análise e reflexão de estudos de casos, Brainstorming’s e Role Play’s de forma a potenciar a aprendizagem pela utilização prática da linguagem.

  • Conteúdos Programáticos

    CP_1 Liberdade e responsabilidade democráticas
    CP_4 Processos identitários
    CP_5 Deontologia e princípios éticos
    STC_5 Redes de informação e comunicação
    STC_6 Modelos de urbanismo e mobilidade
    STC_7 Sociedade, tecnologia e ciência - fundamentos
    CLC_5 Cultura, comunicação e média
    CLC_6 Culturas de urbanismo e mobilidade
    CLC_7 Fundamentos de cultura língua e comunicação
    10184 Economia e enquadramento jurídico da atividade apícola em Portugal e na UE
    10185 Botânica e fisiologia vegetal/gestão da flora apícola
    10186 Gestão e instalação de apiários
    10187 Criação e introdução de rainhas
    10188 Nutrição de colónias de abelhas
    10189 Programação e organização do trabalho apícola
    10190 Sanidade apícola – varroose
    10191 Sanidade apícola – viroses, outras doenças, parasitas e predadores
    10192 Equipamentos apícolas - constituição, funcionamento, manutenção e regulação
    10193 Boas práticas na produção e extração de mel
    10194 Associativismo apícola e medidas de apoio empresarial
    10195 Gestão da exploração apícola em Modo de Produção Biológico
    10196 Análise de investimentos apícolas
    10197 Apicultura sustentável
    10198 Produção de méis monoflorais
    10199 Polinização de culturas intensivas
    10200 Comercialização de produtos apícolas
    10201 Seleção e melhoramento de colónias
    10202 Gestão e conservação de ceras em armazém
    10203 Apiterapia
    10204 Produção de méis de melada
    10205 Produção, processamento e comercialização de própolis
    10206 Produtos derivados do mel
    10207 Ecologia apícola – conservação das espécies das abelhas
    10208 Análise sensorial do mel
    2888 Cadernos de contabilidade agrícola
    2889 Gestão da empresa agrícola
    2893 Legislação relativa à atividade agrícola e animal
    3297 Sistema HACCP (Hazard Analysis and Critical Control Points)
    4437 Clima - fatores e caracterização
    5582 Biologia da abelha
    5583 Higiene, saúde e segurança no trabalho em Apicultura
    5585 Maneio e condução das colónias ao longo do ano
    5586 Maneio reprodutivo / Povoamento e multiplicação de colónias
    5590 Sanidade apícola - doenças das abelhas
    5591 Sanidade apícola - doenças da criação
    5598 Produção, processamento e comercialização de pólen
    5599 Produção, processamento e comercialização de ceras
    8600 Competências empreendedoras e técnicas de procura de emprego
    9820 Planeamento e gestão do orçamento familiar
    9821 Produtos financeiros básicos
    CLC_LEC_ING Inglês - Continuação
    CLC_LEI_ING Inglês - Iniciação

Manifestar interesse